fbpx

COMO PERDER PESO AINDA A TEMPO DE IR PARA A PRAIA EM FORMA?

O TEMPO DA IR À PRAIA APROXIMA-SE. APRENDE AS NOSSAS 4 MELHORES DICAS PARA PERDERES ALGUMA GORDURA ANTES DE IRES DE FÉRIAS

Como perder peso ainda a tempo de ir para a praia em forma?

Em alturas de casamentos e férias todos se lembram de perder algum peso para estarem na sua melhor forma, o problema é que perder peso muito rápido pode ser prejudicial para a saúde e para os músculos. Vamos ensinar-te algumas dicas para perder o máximo de peso no mínimo de tempo possível e de forma saudável.

FACTOS ACERCA DE DIETAS QUE PROMETEM PERCA DE PESO RÁPIDA E FÁCIL

É considerado sempre melhor perder peso a um ritmo lento e constante, pois quem perde peso lentamente tem maior probabilidade de não o recuperar, bem como de não ter qualquer problema de saúde relacionado ao emagrecimento.

Há bastantes dietas que prometem uma perca de peso fácil e rápida, seja com uma dieta mágica ou com um comprimido milagroso, mas na verdade apenas funcionam porque sujeitam a pessoa a um enorme défice calórico.

Elas prometem percas de 3 a 5 kg por semana, o que realmente pode acontecer na primeira semana apenas por perca de retenção de líquidos, na verdade o máximo de peso que se deveria perder por semana seria 10% (por exemplo 1 kg para uma pessoa que pese 100 kg), pois mais que isso implica perca de peso de massa magra e possibilidade de problemas de saúde, bem como uma maior probabilidade de recuperar todo o peso perdido aquando da volta à normalidade.

Como ficar na melhor forma possível em 2 semanas

COMO FICAR NA MELHOR FORMA POSSÍVEL EM 2 SEMANAS

A principal diferença entre perder peso e emagrecer é que peso inclui todo o tipo de tecidos corporais enquanto entendemos por emagrecer a perca exclusiva de gordura permitindo a manutenção da quase totalidade da massa muscular, o que resultará num corpo esteticamente mais agradável e ao mesmo tempo mais saudável.

Vamos ver as dicas dos peritos da Biotech USA:

  1. Plano Alimentar: rígido mas racional! A nível de dieta devemos lembra-nos que o mais importante para começar é a proteína (1.5 gr a 2 gr por kg de peso corporal magro), e o consumo de água ( 2 a 3 litros de água por dia como mínimo); de seguida eliminar da dieta os açúcares e as gorduras trans, o que por si só já ajuda bastante na redução de gordura; o passo seguinte é fazer uma redução significativa de hidratos de carbono para perdermos o máximo de gordura no tempo proposto de 2 semanas, podendo mesmo chegar a um 10% de hidratos na dieta.
  1. Exercício: mínimo 30 minutos por dia! O exercício físico é uma parte fundamental do processo de emagrecimento, essencialmente o treino com pesos pois permite aumentar o metabolismo, queimar calorias e ajudar a manter a massa muscular enquanto se perde gordura. O exercício cardiovascular servirá como forma de gastar mais calorias, aprofundando assim o défice calórico e minimizando a necessidade de comer tão pouco para perder a gordura desejada. De forma a conseguirmos o objectivo é necessário no mínimo 30 minutos de exercício diários, e melhor ainda seria realizar 30 minutos de treino com pesos seguido de 30 minutos de exercício cardiovascular.
Vitaminas; completa a tua dieta!
  1. Vitaminas; completa a tua dieta! Um metabolismo mais rápido queima calorias mais rapidamente que um mais lento, tornando menos provável que uma pessoa engorde. O metabolismo diminui naturalmente à medida que envelhece, mas algumas vitaminas e minerais podem ajudar a manter o metabolismo a funcionar de maneira eficaz ao longo dos anos. Embora os suplementos possam ajudar, os alimentos completos são sempre melhor fonte de vitaminas e minerais.

As melhores vitaminas e minerais para manter e aumentar as funções do corpo que nos interessam neste caso, incluindo metabolismo e apoio ao bom controlo do peso, são as vitaminas do complexo B, a vitamina D, o Cálcio, o Ferro e o Magnésio.

  1. Suplementos: a chave para o sucesso! Se bem que não são mágicos como algumas empresas querem fazer parecer, são sim eficazes cada um na sua função para ajudar no todo do processo de emagrecimento. Então dos suplementos que podemos utilizar com certeza de funcionarem destacamos:
  • A Iso Whey Zero: uma proteína isolada sem açúcar nem gorduras que te irá facilitar e tornar mais saboroso o atingir da quantidade de proteína diária que necessitas tomar;
  • L-Carnitine+Chrome: para ajudar o organismo a utilizar a gordura como energia durante o treino e como tal queimar mais da mesma;
  • BCAA+Glutamine Zero: para protecção muscular, tomando durante o treino e em défice calórico ajuda a evitar a perca de massa muscular;
  • HCA: extracto de Garcinia Cambogia para ajudar a evitar a acumulação de gordura no organismo;
  • Desert: um conjunto de ingredientes que evita a retenção de liquidos e dá um aspecto mais definido aos teus músculos.
  • Como viste neste artigo é possível perder gordura rápido e de forma saudável, basta seguires as nossas 4 dicas especiais e vais estar mais perto do teu corpo de sonho.

O QUE É EXATAMENTE O COLAGÉNIO E POR QUE ELE VALE A PENA NA SUPLEMENTAÇÃO DA NOSSA DIETA?

APÓS OS 25 ANOS DE IDADE, A PRODUÇÃO DE COLÁGENO PELO NOSSO CORPO DIMINUI, PORTANTO, VALE A PENA REABASTECÊ-LO PARA DESFRUTAR DOS SEUS BENEFÍCIOS. CONFIRA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE OS BENEFÍCIOS.

O colágeno é a proteína mais abundante no nosso corpo. É o principal componente dos tecidos conjuntivos, órgãos, tendões, pele e músculos.

O colágeno possui várias funções, como o fortalecimento dos ossos e o fornecimento de estrutura para a pele. Mas iremos explicar tudo sobre seus efeitos positivos.

Nos últimos anos, o colágeno tornou-se cada vez mais popular e passou a fazer parte de muitos suplementos dietéticos. A maioria deles é hidrolisado, o que significa que o corpo pode absorver com mais facilidade. O colágeno pode ser encontrado em vários alimentos, como na pele de porco e no caldo de osso.

Entre os diversos benefícios, o seu consumo melhora a saúde das articulações e da pele.

QUAIS SÃO OS EFEITOS POSITIVOS DO COLÁGENO?

1. PELE MAIS SAUDÁVEL

O colágeno é um dos componentes mais importantes da pele. Deixa a pele flexível e hidratada, características que diminuem com o envelhecimento. Por isso, a pele fica seca e enrugada. O consumo de suplementos de colágeno pode retardar esses processos. Além disso, também pode ativar a produção de outras proteínas igualmente relevantes para a estrutura da pele.

2. MENOS PROBLEMAS ARTICULARES

O colágeno ajuda a preservar a integridade e a estrutura da cartilagem, cujo tecido semelhante à borracha protege as articulações. Conforme envelhecemos, o risco de problemas nas articulações aumenta considerando a diminuição do nível de colágeno no corpo. De acordo com nossos clientes, a dor nas articulações pode ser amenizada com o consumo de colágeno. E ao mesmo tempo, também se reduz o risco de inflamações.

3. PREVINE A PERDA ÓSSEA

O colágeno também pode ser encontrado nos ossos, aos quais fornece rigidez. A densidade óssea diminui com o passar dos anos, enquanto o risco de fraturas aumenta. A osteoporose também é comum na Hungria. Como resultado do consumo de colágeno (5 mg) combinado com suplemento de cálcio, a quantidade de proteínas indicando a diminuição da densidade óssea pode ser reduzida no sangue. Além disso, o consumo de colágeno pode ter um efeito positivo na densidade mineral óssea.

4. BENEFÍCIOS PARA OS MÚSCULOS

1-10% dos tecidos musculares são feitos de colágeno. Essa proteína é necessária para que os músculos se mantenham fortes e funcionem de forma adequada. O colágeno pode nos ajudar com doenças que causam perda de massa muscular e também ajuda quando a massa muscular diminui devido ao envelhecimento. Estudos revelam que o consumo de colágeno ajuda a sintetizar a creatina nos músculos, estimulando o crescimento da massa muscular.

5. SAÚDE DO CORAÇÃO

O colágeno fornece estrutura para que artérias e vasos transportem o sangue. Sem colágeno suficiente, as artérias podem se tornar fracas e frágeis. Isso pode causar inúmeras doenças e provocar um ataque cardíaco ou derrame.

6. PODE SER USADO NO COMBATE À CELULITE

Conforme os tecidos conjuntivos se enfraquecem e a gordura se acumula, a celulite surge nas áreas mais propensas. À medida que envelhecemos, o corpo produz menos colágeno e a celulite fica mais visível, mesmo sem excesso de peso. Como resultado do consumo permanente de colágeno, os tecidos da pele tornam-se mais saudáveis e a celulite pode ficar bem menos aparente.

7. OUTROS BENEFÍCIOS DO COLÁGENO

Cabelo e unhas: o consumo de colágeno ajuda a fortalecer as unhas, prevenindo as unhas quebradiças, e ainda protege o cabelo contra danos e ressecamento. Para o cérebro: não foram realizados estudos sobre este tema, no entanto, melhora do humor e redução da ansiedade foram citados durante o consumo de colágeno. Perda de peso: consumir colágeno acelera o metabolismo, portanto, ajuda a perder peso.

O QUE CONTÉM COLÁGENO?

A maneira mais simples de consumir colágeno é por meio de suplementos dietéticos, pois o corpo consegue processá-lo e absorvê-lo com maior facilidade.

 DESVANTAGENS DO CONSUMO DE COLÁGENO

Não há registos de desvantagens, porém, se você é alérgico a peixe, mariscos ou ovos, observe com atenção os ingredientes dos seus suplementos dietéticos.

O SEGREDO PARA UM ESTÔMAGO LISO

TER UM ESTÔMAGO LISO FAZ PARTE DO BEM PARECER NOS DIAS QUE CORREM, FICA CONNOSCO E DESCOBRE OS SEGREDOS MAIS IMPORTANTES PARA TERES UM ESTÔMAGO LISO.

O segredo para um estomago liso

Todos gostamos de estar em forma, uns querem ter peitorais salientes, outros braços poderosos, e outros ainda costas, ombros ou pernas bem desenvolvidos. Mas se existe algo transversal a todos eles é a zona abdominal.

Qualquer pessoa deseja uma barriga lisa. O grande problema é que a zona do estômago, a par com a zona lombar, é o calcanhar de Aquiles de diversos atletas e entusiastas do fitness e das dietas, isto devido ao emagrecimento ser preferencialmente periférico, ou seja começa das extremidades do corpo (braços e pernas) e a zona abdominal salvo raras excepções é a ultima a ficar definida.

Ao longo deste artigo vamos aprofundar o tema do abdominal em si e armar-te com 8 (+1) importantes dicas para conseguires o tão desejado estômago liso.

Como são constituídos os abdominais?

COMO SÃO CONSTITUÍDOS OS ABDOMINAIS?

Os músculos abdominais estão localizados entre as costelas e a pélvis na parte frontal do corpo. Os músculos abdominais sustentam o tronco, permitem o movimento e mantêm os órgãos no lugar, regulando a pressão abdominal interna.

Os quatro principais grupos de músculos abdominais que se combinam para cobrir completamente os órgãos internos são:

– O transverso abdominal – a camada muscular mais profunda. As suas principais funções são estabilizar o tronco e manter a pressão abdominal interna;

– O reto abdominal – situado entre as costelas e o osso púbico na frente da pélvis. Ao contrair, este músculo apresenta os inchaços ou protuberâncias característicos que são comumente chamados de “tanquinho”. A principal função do reto abdominal é mover o corpo entre a caixa torácica e a pélvis;

– Os músculos oblíquos externos – estes estão situados em cada lado do reto abdominal. Os músculos oblíquos externos permitem que o tronco se torça, mas para o lado oposto de qualquer oblíquo externo que estiver a ser contraído. Por exemplo, o oblíquo externo direito contrai-se para virar o corpo para a esquerda;

– Os músculos oblíquos internos – flanqueiam o reto abdominal e estão localizados logo abaixo dos ossos do quadril. Operam de maneira oposta aos músculos oblíquos externos. Por exemplo, torcer o tronco para a esquerda requer que o oblíquo interno do lado esquerdo e o oblíquo externo do lado direito se contraiam juntos.

A visibilidade do “six pack” vai depender, para além da espessura da parede abdominal de cada pessoa (umas pessoas têm abdominais mais desenvolvidos que se visualizam mesmo cobertos de alguma gordura, e outras possuem gomos menos salientes que apenas se revelam quando a definição corporal é bem avançada), essencialmente da percentagem de gordura corporal do individuo. Mesmo com uma alta definição na parede abdominal, podemos ter gordura visceral que mesmo não visível, não é saudável e pode dar um aspeto de estômago inchado, e o que pretendemos mesmo é um estômago definido e liso que não se assemelhe a uma barriga de grávida.

MITOS SOBRE O TREINO ABDOMINAL

Apesar do treino abdominal ser algo relativamente simples pois a função do abdominal é bastante básica, existem diversos mitos acerca do mesmo, entre os quais destacamos:

– “Fazer abdominais faz perder gordura na barriga”, este é com certeza o mito mais difundido entre o público em geral pois muitas pessoas acreditam na queima de gordura localizada, que treinando uma determinada zona do corpo a gordura queimada será dessa área.

Pois bem não é bem assim, se bem que é possível ajudar a queimar mais gordura em determinadas zonas através de um treino localizado, isso apenas pode ser possível em zonas com pouco fluxo sanguíneo em que o exercício ajudará possivelmente a “mobilizar” a gordura da zona para também ser queimada, pois a perca de gordura é geral e normalmente ocorre de forma periférica.

O corpo tende a queimar mais rápido gordura proveniente dos membros e em último lugar da zona média, pois vê a gordura como protectora dos órgãos vitais que se encontram dentro dessa região;

– “Fazer abdominais todos os dias seca o abdominal” é muito ouvido nos ginásios mas não, o abdominal é relativamente igual a outro qualquer músculo e como tal não deve ser treinado mais que 3 vezes por semana em dias não consecutivos;

– “O treino de abdominais deve ser diferente entre praticantes iniciados e experientes” costuma dizer-se, mas mesmo que os praticantes experientes possam beneficiar de alguma variabilidade no treino abdominal mais por uma questão de evitar o aborrecimento da rotina que por eficácia do treino, os mesmos exercícios básicos para o abdominal devem ser utilizados por ambos.

8 (+1) “Segredos” para um estomago liso

8 (+1) “SEGREDOS” PARA UM ESTÔMAGO LISO

1. Cortar calorias dos hidratos de carbono: a redução calórica de um macronutriente energético como os hidratos de carbono fará com que o corpo comece a utilizar mais gordura corporal como energia e como tal baixar a percentagem de gordura;2. Evitar sal, açúcar e álcool: evitar o sal causa menos retenção e aumenta a definição visível, já o açúcar e o álcool para além do benefício para a saúde de não os consumir, são alimentos altamente densos caloricamente para alem de desprovidos de nutrientes e como tal ao evita-los melhoraremos as condições para atingir um estômago liso;3. Beber muita água: beber muita água, para além de ser bom para a saúde, coloca o corpo a trabalhar de forma mais eficiente, podendo auxiliar no processo de queima de gordura, e ao mesmo tempo auxilia a aliviar a sensação de fome, o que ajuda na aderência à dieta;4. Fazer mais cardio: fazer mais cardio queima mais calorias e quantas mais calorias queimadas que consumidas, mais gordura corporal será queimada;5. Fazer treino com pesos: o treino com pesos ajuda a manter o metabolismo elevado, logo iremos queimar mais calorias em repouso, e ajuda a preservar a massa muscular aquando do processo de emagrecimento;

Beber batidos de proteína

6. Beber batidos de proteína: os batidos de proteína são uma forma ideal de consumir uma espécie de doce, o que ajuda na dieta, para além de fornecerem importantes aminoácidos para o processo de síntese de proteína;7. Varia a tua rotina abdominal: o variar a rotina de treino dos abdominais não queima mais caloria por si mas pode ajudar a manter a consistência no treino e gastar mais energia a treinar pois um treino novo ou variado é sempre mais excitante que a mesma rotina repetida vezes sem conta;8. Tomar sempre o pequeno-almoço: o pequeno-almoço é importante tomar pois convém após o jejum nocturno fornecer ao corpo nutrientes de qualidade para começar o dia. Um pequeno-almoço composto de proteína de qualidade, hidratos de carbono de baixo índice glicémico e gorduras “boas” é uma excelente forma de começar o dia e evitar deslizes na dieta;+1 A dica extra: utilizar suplementos para ajudar a queimar gordura! Suplementos como a Carnitina, o CLA, a Cafeína e o Chá Verde entre outros, podem ser preciosos aliados no combate à gordura, não apenas pelo seu efeito termogénico ou lipolítico, mas também alguns pelo seu efeito energizante que nos permite continuar aquele treino ou cardio duros quando já estamos em défice calórico.

Select the fields to be shown. Others will be hidden. Drag and drop to rearrange the order.
  • Image
  • SKU
  • Rating
  • Price
  • Stock
  • Availability
  • Add to cart
  • Description
  • Content
  • Weight
  • Dimensions
  • Additional information
  • Attributes
  • Custom attributes
  • Custom fields
Click outside to hide the compare bar
Comparar
Wishlist 0
Open wishlist page Continue shopping
Carrinho fechar